top of page

Solidão Não é Um Problema da Liderança

Há uma charge na qual um executivo aparece sentado e desolado atrás de uma mesa imensa. Do outro lado, de pé, um homem humilde usando roupas de trabalho confidencia: “ Se isso serve de consolo para o senhor, a gente também sente solitário quando está na base da pirâmide”. Estar no topo "não significa que você" precisa "ficar sozinho". O mesmo vale para quem está base. Já conheci gente solitária na base da pirâmide, no topo e no meio. Hoje percebo que a solidão não é um problema relacionado à posição que se ocupa, “mas” uma questão de personalidade.

Em geral, as pessoas imaginam o líder sentado sozinho, no alto da montanha, olhando o que seu pessoal está fazendo lá em baixo. Ele é um sujeito separado dos outros, isolado e solitário – daí aquela frase famosa, segundo a qual “é grande a solidão quando se está no topo”. Mas eu argumentaria que essa frase nunca foi proferida por uma grande líder. Se você está em posição de liderança e se sente completa solidão, isso é um sinal de que está fazendo alguma coisa errada. Pense nisso. Se você “é uma pessoa solitária”, isso significa que “ninguém está seguindo sua liderança”. E se ninguém está seguindo sua liderança, você “não está liderando ninguém!”


Que tipo de líder deixaria todo mundo para trás e seguiria sozinho sua jornada? “Só o egoísta”. “Os bons líderes levam os outros consigo para o topo”. Promover a ascensão de outros é "requisito fundamental" para a "liderança eficaz". Isso é bem difícil de se fazer quando o "líder se mantém distante", pois desconhece as "necessidades dos liderados", não tem ideia dos sonhos que eles desejam realizar nem lhe sente a pulsação. Além disso, “se não há resultado visível dos esforços da liderança, será preciso mudar o líder”.


Fonte: John C. Maxwell





Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • LinkedIn Social Icon
bottom of page