top of page

Liderança – “Uma Filosofia de Sucesso – 1/4”

Um Novo Nível de Pensamento


Albert Einstein disse que “os problemas significativos com o quais nos deparamos” não podem ser resolvidos no “mesmo nível de pensamento” em que estávamos quando os criamos. Quando olhamos “a nossa volta” e para “o nosso íntimo” identificando os “problemas criados” quando “vivemos e interagimos” dentro da Ética da Personalidade, começamos a compreender que estamos diante de “problemas profundos e fundamentais” que não podem ser resolvidos no nível superficial no “qual foram criados.”


Precisamos de “um novo nível de raciocínio,” um “nível mais profundo” – um paradigma baseado nos princípios que descrevem com precisão o território “da existência” e “da interação humana eficaz” – para solucionar essas abrangentes considerações. Os sete hábitos das pessoas altamente eficazes tratam precisamente deste novo nível de raciocínio. É uma abordagem “à eficácia pessoal” e “interpessoal” centrada “em princípios”, baseada “no caráter” e que tem lugar “de dentro para fora”.


A Definição dos Hábitos


O conhecimento é o paradigma teórico, o que fazer e o porquê. A habilidade é como fazer. E o desejo é a motivação, o querer fazer. Para transformar alguma coisa em um hábito na nossa vida, precisamos reunir esses três elementos.


O Continuum da Maturidade

Os sete hábitos “não são um conjunto desconexo” de “fórmulas milagrosas” destinadas a estimular pessoas. Em harmonia com “as leis naturais do crescimento,” eles oferecem uma abordagem “progressiva,” “sequencial” e “altamente integrada” ao desenvolvimento da “eficácia pessoal” e “interpessoal.” Eles nos conduzem paulatinamente ao Longo de um “Continuum da Maturidade”, da “dependência” para a “independência” até alcançarmos a “interdependência.” 


No Continuum da Maturidade, “a dependência” é o paradigma do você – “Você” tem de tomar conta de mim; “Você” fez a coisa certa; “Você” não fez a coisa certa; “Eu culpo” você pelos resultados.

“A independência” é o paradigma do eu – “Eu” consigo fazer; “Eu” sou responsável; “Eu” sou auto confiante; “Eu” sou capaz de escolher.

“A interdependência” é o paradigma do nós – “Nós” podemos fazer isso; “Nós” podemos cooperar; “Nós” podemos unir nossos talentos e habilidades para juntos criarmos algo maior.


Definindo a Eficácia

Os setes hábitos são eficazes. Como estão “baseados em princípios,” conduzem ao máximo “de resultados benéficos” a longo prazo. Tornam-se “a base” do caráter pessoal, criando um “centro poderoso” de mapas corretos, a partir dos quais uma pessoa pode “resolver problemas” com eficácia, “maximizar” oportunidades e continuamente “aprender” e “integrar” novos princípios em “uma espiral” ascendente de crescimento.

“Eles também” são hábito eficazes porque “baseiam em um paradigma de eficácia” que está em “harmonia” com as “leis naturais,” um princípio que chamo de “Equilíbrio P/CP”, o que “causa estranheza” a muitas pessoas. Este princípio pode ser “facilmente compreendido” se recordarmos a “fábula de Esopo” sobre “a galinha dos ovos de ouro.”


“Equilíbrio P/CP” – A eficácia do equilíbrio – que chamo de “Equilíbrio P/CP”, onde P representa a “produção dos resultados desejados”, os “ovos de ouro.” CP indica a “capacidade de produção”, a “habilidade” ou “bem” que produz os ovos de ouro.


A “manutenção” do Equilíbrio P/CP entre “os ovos de ouro” (produção), “saúde e bem-estar da galinha” (a capacidade de produção), exige com frequência uma “boa capacidade de discernimento.” Mas eu tenho a impressão “de que essa” é a verdadeira essência da eficácia. Consegue-se “o equilíbrio” entre “o curto e o longo prazo.”


O Equilíbrio P/CP é a verdadeira essência da eficácia. Aplica-se a ”todos os setores da vida.” Podemos trabalhar “com ele” ou “contra ele,” mas sempre estará presente. É como o farol. A definição e o paradigma da eficácia são as bases para os sete hábitos das pessoas altamente eficazes.


Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes:

1.      Seja Proativo – (Princípios da Visão Pessoal)

2.      Comece com o Objetivo em Mente – (Princípios da Liderança Pessoal)

3.      Primeiro o Mais Importante – (Princípios do Gerenciamento Pessoal)

4.      Pense Ganha/Ganha – (Princípios da Liderança Interpessoal)

5.      Procure Primeiro Compreender, Depois Ser Compreendido – (Princípios da Comunicação Empática)

6.      Crie Sinergia – (Princípios de Cooperação Criativa)

7.      Afine o Instrumento – (Princípios de Auto-renovação Equilibrada)


Fonte: Stefphen R. Covey

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • LinkedIn Social Icon
bottom of page