top of page

LIDERANÇA – Como descobrir a área em que você é MAIS FORTE

O poeta e dicionarista Samuel Johnson afirmou: “Quase todo homem desperdiça parte da vida, tentando demonstrar qualidades que não possui.” Se, em sua mente, você acalenta uma imagem dos talentos que as pessoas deveriam possuir, mas não é o caso, então encontrará dificuldades para identificar quais são as suas verdadeiras habilidades. É preciso descobrir e desenvolver a pessoa que você é. Aqui estão algumas sugestões que lhe podem ser úteis:




1. Pergunte-se: “O que sei fazer bem?”

As pessoas que alcançam o melhor de seu potencial gastam menos tempo se perguntando “O que estou fazendo certo?” e se dedicam mais a outro questionamento: “O que estou fazendo bem?” A primeira questão é de ordem moral; a segunda é talento. Você deve sempre se esforçar para fazer a coisa certa, mas isso não ajudará em nada descobrir o seu talento.


2. Seja específico

Quando meditamos em nossos pontos fortes, tendemos a ser vagos. Peter Drucker, o pai da administração moderna, escreveu: “O maior mistério não é as pessoas fazerem certas as coisas de maneira ruim, e sim o fato de, vez por outra, fazerem outras coisas muito bem. O único conceito universal é o de incompetência. A força sempre é específica! Ninguém jamais comentou, por exemplo, que o grande violinista Jascha Heifez provavelmente seria incapaz de tocar bem o trompete.”


Quanto mais específico você for em relação aos seus pontos fortes, maior será a chance de descobrir sua especialidade. Por que viver nas fronteiras de sua especialidade quando tem oportunidade de ficar bem no centro dela?


3. Ouça os elogios que os outros fazem

Muitas vezes, menosprezamos nossos talentos. Acreditamos que, como somos capazes de fazer algo muito bem, todo mundo também é, geralmente isso não corresponde a verdade. Como detectar quando estamos negligenciando uma habilidade ou um talento? Ouça o que os outros dizem. Seus pontos fortes atrairão a atenção dessas pessoas e as farão aproximar. Por outro lado, quando você está trabalhando em áreas de fraqueza, pouca gente demonstra interesse. Se elas não param de elogiar você numa área específica de sua habilidade, comece a desenvolvê-la. (É um possível talento que pode e deve ser melhorado ainda mais)


4. Fique de olho na concorrência

Você não vai querer passar a vida inteira se comparando a outros; Isso não é nada saudável. Mas também não deseja desperdiçar o seu tempo fazendo algo que outras pessoas fazem muito melhor. O ex-diretor-executivo da General Elétric, Jack Welch, afirma: “Se você não tem uma vantagem sobre a concorrência, não entre na competição.” As pessoas não pagam pela mediocridade. Se você não tem talento para fazer coisa melhor que a concorrência, concentre-se em outro tipo de atividade.


Para ter uma ideia mais precisa a respeito de sua posição em relação a concorrência, pergunte-se:

· Alguém mais faz o que eu faço?

· Essas pessoas estão se saindo bem?

· Elas estão se saindo melhor do que eu?

· Posso ser melhor do que elas nessa atividade?

· Se eu conseguir melhorar, qual será o resultado?

· Se eu não conseguir melhorar, qual será o resultado?


A resposta a ultima pergunta é: “Você perde.” Quer saber o motivo? Por que sua concorrência está trabalhando na área em que ela é mais forte e você não.


Fonte: John C. Maxwell

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • LinkedIn Social Icon
bottom of page